Páginas

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

XXII CONGRESSO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS – “GUARDAS MUNICIPAIS UM NOVO MARCO NA SEGURANÇA PÚBLICA”





Senhoras e Senhores Integrantes das Guardas Municipais

O Conselho Nacional das Guardas Municipais, atualmente presidido pelo Comandante Geral da GCM-SP Joel Malta de Sá, convida a todos os integrantes de Guardas Municipais do Brasil a participarem do XXII CONGRESSO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS – “GUARDAS MUNICIPAIS UM NOVO MARCO NA SEGURANÇA PÚBLICA” que acontecerá nas de 12, 13 e 14 de Dezembro de 2012, no Auditório Elis Regina no Anhembi – São Paulo.

Este evento contará com a presença do Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, presença da Secretaria Nacional de Segurança Pública Regina Miki, além do convite ser estendido à Presidente Dilma Roussef, entre outras autoridades dos três níveis políticos: federal, estaduais e municipais, e especialistas, portanto, é de fundamental importância a presença e participação de todos os integrantes das Guardas Municipais, pois é através da união da categoria que conquistaremos nosso espaço e melhores condições de trabalho.
Solicitamos que divulguem a todo o efetivo da GM, incentivem e colaborem com a participação dos mesmos neste evento nacional, e envie também esta mensagem às demais Guardas Municipais vizinhas para que haja ampla divulgação e adesão ao evento, pois a presença e participação de todos nós GMs é primordial e repercutirá nas conquistas almejadas pelas Guardas Municipais do Brasil.
Contamos com a sua presença!

DÚVIDAS E ORIENTAÇÕES:

Guarda Civil Metropolitana de São Paulo
Telefones: (011) 3396-5895 e (011) 3396-5867

LINK DO BLOG DO CONSELHO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS PARA INSCRIÇÕES:

INSCRIÇÕES:


JOEL MALTA DE SÁ
Presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais
Comandante Geral da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo
Conselheiro do Conselho Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça
_________________________________________________________________________

XXII Congresso Nacional das Guardas Municipais - São Paulo-SP

“GUARDAS MUNICIPAIS – UM NOVO MARCO NA SEGURANÇA PÚBLICA”

PROGRAMAÇÃO

Dia 12-12-12 – Quarta-feira.
·         08h00 – Credenciamento/café.
 09h30 - Cerimônia de Abertura.
 10h00 – Palestra: Ações da Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP.
- PalestranteRegina Maria Filomena de Luca Miki – Secretária Nacional de Segurança Pública – SENASP/MJ. 
·         11h10 – Palestra: Aposentadoria Especial
- Palestrantes: (Será divulgado posteriormente)                                              
·         12h30 – Almoço.
 14h00 – Palestra: Ferramentas para o aprimoramento da Política Municipal de Segurança – Sistema Nacional de Estatísticas de Segurança Pública e Justiça Criminal - SINESP e Rede de Integração Nacional de Informações de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização – INFOSEG.
 - Palestrantes: (Será divulgado posteriormente)                                    
 15h20 – Palestra: Política Municipal de Segurança
       - Palestrantes: - Benedito Domingos Mariano – Secretário Municipal de Segurança de São Bernardo do Campo-SP e Presidente do Conselho Nacional de Secretários e Gestores Municipais de Segurança - CONSEMS.
                             - Outros a confirmar.
 16h40 – Café.
 17h00 – Atuação da Guarda Civil Metropolitana na Cidade de São Paulo e atuação do Conselho Nacional das Guardas Municipais.
Palestrante: Joel Malta de Sá – Comandante Geral da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, Presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais e Conselheiro do Conselho Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça.
18h20 – Informes/encerramento
·         19h00 - Coquetel.

·         Dia 13-12-12 – Quinta-feira.
·         08h30 – Café.
 09h20 – Apresentação Canil: (a confirmar devido ao espaço no evento). 
 10h00 – Combate à Pirataria na cidade de São Paulo – Ações conjuntas do Gabinete de Gestão Integrada-GGI
 Palestrante: Edsom Ortega Marques – Secretário Municipal de Segurança Urbana de São Paulo e Secretário Executivo do Gabinete de Gestão Integrada-GGI.
            - Outro Palestrante a confirmar.
 11h10 – Palestra – Policiamento Comunitário – Polícia de Proximidade.
- Palestrantes: Gilson Pereira de Meneses – Comandante da Guarda Municipal de Osasco.
                        - Outro palestrante a confirmar. 
·         12h20 – Almoço.
 14h00 – Palestra: Marco Regulatório das Guardas Municipais – PL 1332.
Palestrantes:  - Deputado Federal Francisquini (à confirmar).
      - Cristina Gross Villanova – Secretária Substituta da SENASP e Diretora de Políticas, Programas e Projetos da SENASP. 
·         15h20 – Apresentação Teatral: Fantoches - GCM/SP/ Guarda Municipal de Novo Hamburgo
 16h00 – Café.
 16h20 – Palestra: Casas de Mediação de Conflitos – uma solução inovadora para a Segurança Pública
Palestrantes:
                         - Dalmo Luis Coelho Álamo – Comandante Superintendente da Superintendência de Planejamento da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo.
            - Outro Palestrante a confirmar.
 18h00 – Informes/encerramento.

Dia 14-12-12 – Sexta-feira.
 08h30 – Café.
 09h30 – Atuação das Frentes Parlamentares Federal e Estadual Pró-Guardas Municipais:
Palestrantes:  - Deputado Federal Vicente Paulo da Silva (Vicentinho – PT/SP) – Presidente da Frente Parlamentar Federal Pró Guardas Municipais.
- Deputado Estadual Chico Sardelli (PV-SP) – Presidente da                 Frente Estadual Pró Guardas Municipais.
·         10h50 – Palestra -  PEC 534
            - Palestrante: Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá  (PTB-SP).
  12h10 – Almoço.
  13h40 – Palestra -  Integração das Forças de Segurança:
 Palestrante: Dr. Wilson Salles Damázio – Secretário de Defesa Social do Estado de Pernambuco.
  14h50 – Palestra – Celebração de Convênios com a Polícia Federal para a concessão dos Portes de Arma Funcional e Particular aos integrantes das Guardas Municipais.
            - Palestrante: a confirmar.
 16h00 – Cerimônia de encerramento –  José Eduardo Martins  Cardozo – Ministro da Justiça.
  
Programação sujeita a alterações
            Várias autoridades foram convidadas, as confirmações de presença serão divulgadas.
           Traslados dos Aeroportos de Cumbica, Congonhas, Viracopos.
           Alimentação no local do evento.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

XXII Congresso Nacional das Guardas Municipais - Como vencer uma luta, Participando.


Autor: CD Naval (Maurício Domingues da Silva)
Presidente da ONG Segurança da Vida
Blog Naval Guarda Municipal
Portal Guardas Municipais

É com voce que estou falando, todos devem participar deste evento, o 22 CONGRESSO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS que vai acontecer nos dias 12, 13 e 14/12, NA CIDADE DE SÃO PAULO, onde vamos juntamente com irmãos de todas as Guardas Municipais do país, demonstrarmos a força da NAÇÃO AZUL MARINHO.


Vamos juntos, mesmo aqueles que não podem vir ao evento, façam a sua parte, divulgando, comentando tudo sobre o assunto. Voce precisa se esforçar e dar uma chance a voce mesmo, pare de reclamar de sua cidade, a cultura deve ser transformada.

Venha, que juntos vamos encontrar novas ferramentas de lutas e traçar novas estratégias de enfrentamento para nos defender daqueles que não querem ver o desenvolvimento das Guardas Municipais.

Venha e de uma chance para sua autoestima se sobressair, venha ver de perto a força das Guardas Municipais, teremos representantes de todos os cantos do Brasil, Não perca!


FAÇA A SUA INSCRIÇÃO NO BLOG "CONSELHO NACIONAL DAS GUARDAS MUNICIPAIS"


quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Inscrições para os Cursos da SENASP.


1ª Etapa: dia 16/08 a 18/08. 2ª Etapa: dias 19/08 e 20/08.

Ficha de Inscrição
As inscrições ocorrerão em duas etapas. Na primeira, do dia 16/08 a 18/08, o aluno só poderá se 
inscrever em um curso. Na segunda etapa, nos dias 19/08 e 20/08, caso o limite de 200 mil vagas 
não seja atingido, o aluno já cadastrado, que não tenha evadido no ciclo anterior, poderá 
solicitar inscrição em mais um curso, até o limite previsto.

Atenção! A partir deste ciclo, os cursos estão disponíveis de acordo com a instituição/órgão a que 

pertence o aluno.

Os cursos IDV1, IEPP, EPH1, FEP, MVV/MVVVA e VCP/VCPVA foram atualizados e receberam novas 

siglas: IDV1VA, IEPPVA, EPH1VA, FEPVA, AMSV e VCPVN, respectivamente. Os alunos que já fizeram
 estes cursos em ciclos anteriores não precisam fazê-los novamente.

O curso Busca e Apreensão de 60hs (BEA) foi atualizado e divido em dois cursos de 40hs (BEA1 e BEA2).

 O aluno que já concluiu BEA na versão antiga, com 16 módulos, não precisa fazer os cursos BEA1 e BEA2.

Esclarecimentos de dúvidas sobre o processo de inscrições devem ser obtidos através dos Tutores 

Masters cujos endereços se encontram na página do Ministério da Justiça - www.mj.gov.br/ead - no link Telecentros. 

Caro(a) Servidor(a) de Segurança Pública,

Seja bem-vindo!

LEIA COM ATENÇÃO O TERMO DE COMPROMISSO ABAIXO POIS O SEU O "DE ACORDO" NO FINAL DO
 DOCUMENTO SIGNIFICA QUE VOCÊ LEU E CONCORDA COM AS CONDIÇÕES DEFINIDAS PARA SER
MATRICULADO NA REDE EAD.

EM NENHUMA HIPÓTESE USE O CPF DE OUTRA PESSOA PARA FAZER A SUA INSCRIÇÃO, NEM PEÇA
PARA OUTRA PESSOA FAZER O CURSO POR VOCÊ. ISTO CONSTITUE CRIME! O aluno que utilizar esse
expediente será excluído do cadastro e sua situação remetida para a sua instituição para a adoção das medidas
 administrativas e judiciais cabiveis.

Você está solicitando inscrição em um curso da Rede Nacional de Educação a Distância para a Segurança
 Pública da SENASP/MJ. A Rede é uma das mais importantes conquistas para a democratização da
educação para os servidores policiais em todo o Brasil e permite o acesso a uma modalidade de ensino
 inclusiva, com disponibilidade de conteúdos de alta qualidade a todos os seus usuários. A Rede funciona
como uma escola virtual com objetivo de viabilizar o acesso dos profissionais de segurança pública aos processos
 de ensino-aprendizagem.

A preservação da integridade e da segurança desta extraordinária conquista deve ser uma preocupação permanente
 de todos os seus participantes.

A veracidade das informações prestadas no ato da sua inscrição e o zelo com o acesso à Rede são condições
fundamentais para manter a qualidade do atendimento, garantir a segurança da Rede e assegurar a continuidade
dos serviços.
Desse modo, as informações que você prestar ao preencher sua ficha de inscrição passam a ser rigorosamente
sigilosas e somente você deverá acessá-las através da senha que será fornecida pelo sistema. QUANDO RECEBIDA,
 A SUA SENHA NÃO DEVE SER REPASSADA A TERCEIROS sob pena de incursão em crime de violação de
 sigilo (Art. 325, Parágrafo 1º, inciso I do DECRETO-LEI No 2.848, DE 7 DE DEZEMBRO DE 1940).

Seguem mais algumas informações importantes, destinada a todos, sobre o processo de inscrição e matrícula
 a que você se propõe:

1 – Os cursos da EAD Senasp apresentados a seguir são destinados somente a servidores ativos de segurança
 pública das polícias: Federal, Rodoviária Federal, Civil, Militar, Guardas Municipais e Agentes 
Penitenciários vinculados às secretaria estaduais e municipais de segurança pública.

2 - Os cursos EAD Senasp são considerados cursos de capacitação, alinhados a orientação do decreto 5.707/2006
 que "Institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da administração pública federal direta,
 autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990".

No âmbito acadêmico, os cursos são aceitos como atividades complementares para os cursos de bacharelado ou
 licenciatura, de acordo com o regulamento de cada IES.

3 - Servidores administrativos, contratados e terceirizados podem solicitar inscrição somente em cursos de caráter
 de natureza administrativa. Essa restrição é automática e só aparecerão para os alunos a lista de cursos disponíveis
.

4 – Através da Ficha de Inscrição você está solicitando matrícula em um dos cursos da Rede. Sua solicitação será
avaliada pelo Tutor Master de Educação a Distância do seu Telecentro que, após identificá-lo (a) com a sua
 instituição, confirmará a sua matrícula. Você receberá por email a informação da matrícula, bem como, o seu
login e a sua senha para acesso ao ambiente virtual de aprendizagem – LMS.

5 – Após a conclusão, com sucesso, do primeiro curso, você poderá inscrever-se em mais dois cursos, que é o
número máximo de cursos que você poderá fazer por ciclo.

6 – Todas as informações da sua Ficha de Inscrição são importantes, mas uma é essencial: O seu email! É
através dele que você receberá o seu login e a sua senha. Se o email estiver errado, com impropriedades ou se o
ambiente onde você acessa (computador ou rede) não permitirem que você receba emails, você não receberá o
seu login e a sua senha e, como conseqüência, não terá acesso ao curso. Verifique isto com muita atenção.

7 – Os cursos disponíveis neste Ciclo têm duração de 40 ou 60 horas que deverão ser cumpridas ao longo de 5
ou 7 semanas respectivamente.

8 – Após matriculado, quando acessar o ambiente de aprendizagem, leia o Manual do Aluno, pois lá você
encontrará as orientações básicas sobre o curso, sobre a interatividade e sobre os critérios de avaliação
. Você será acompanhado durante todo o curso por um tutor.

9 – Você receberá, por curso concluído, um Certificado emitido pelos promotores da Rede EAD: Secretaria
 Nacional de Segurança Pública e Academia Nacional de Polícia.

10 – Prepare-se para que você possa cumprir, efetivamente, as tarefas do curso, pois a vaga que você estará
 ocupando é preciosa. Há muita gente esperando esta oportunidade. Será necessário que você reserve um tempo
 diário (entre uma e duas horas) ou uma carga maior nos fins de semana para dedicação aos seus estudos.

11 – Iniciado o curso, se por motivo justificado você não puder continuar, poderá pedir o seu desligamento
(DESISTÊNCIA). Este procedimento evitará que você seja considerado "EVADIDO” e fique impedido de fazer
 matrícula no ciclo seguinte. A evasão é uma falta grave além de representar a ocupação indevida de uma vaga 
que poderia ser ocupada por outro aluno interessado pelo curso. A evasão é punida, na primeira vez, com o 
impedimento de inscrição no ciclo seguinte. Ao cumprir a penalidade da perda de um ciclo e não concluir
novamente outro curso, a penalidade será crescente no impedimento da realização de novos cursos.

Atenciosamente

Coordenação-Geral de Ensino da SENASP.

___________________________________
     Clique aqui para obter informações sobre este ciclo de cursos.
      Clique no Curso para ler Ementa.
      Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.
1 -APCA - Ações para o Controle de Armas - 60h
2 -AC - Análise Criminal - 60h
3 -AJAP - Aspectos Jurídicos da Abordagem Policial - 60h
4 -AMSV - Atendimento as Mulheres em Situação de Violência - 40h
5 -APGV - Atuação Policial Frente aos Grupos Vulneráveis - 60h
6 -BEA1 - Busca e Apreensão 1 - 40h
7 -BEA2 - Busca e Apreensão 2 - 40h
8 -CEPT - Capacitação em Educação Para o Trânsito - 40h
9 -CART - Cartéis - 60h
10 -CLD - Combate a Lavagem de Dinheiro - 60h
11 -ECA - Concepção e Aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente - 60h
12 -CRA - Crimes Ambientais - 60h
13 -DP - Democracia Participativa - 60h
14 -EPH1VA - Emergencista Pré-Hospitalar 1 - VA - 60h
15 -EPH2VA - Emergencista Pré-Hospitalar 2 - VA - 60h
16 -ESCA - Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes - 40h
17 -ESP1 - Espanhol Básico 1 - 60h
18 -ESP2 - Espanhol Básico 2 - 60h
19 -FDHAP - Filosofia dos Direitos Humanos Aplicados à Atuação Policial - 60h
20 -FEPVA - Fiscalização de Excesso de Peso - VA - 40h
21 -FITP - Fiscalização Interestadual de Transportes de Passageiro - 60h
22 -GDC - Gerenciamento de Crises - 60h
23 -GP - Gestão de Projetos - 60h
24 -IDA - Identificação de Armas de Fogo - 60h
25 -IDV1VA - Identificação Veicular 1 - VA - 60h
26 -IDV2 - Identificação Veicular 2 - 60h
27 -ING1 - Inglês 1 - 60h
28 -IEPPVA - Intervenção em Emergências com Produtos Perigosos - VA - 60h
29 -IC1 - Investigação Criminal 1 - 60h
30 -IC2 - Investigação Criminal 2 - 60h
31 -IDE - Investigação de Estupro - 60h
32 -IH1 - Investigação de Homicídios I - 60h
33 -LBS - Libras - 60h
34 -LCA - Licitações e Contratos - 60h
35 -PLCVA - Local do Crime: Isolamento e Preservação - VA - 60h
36 -MCOM - Mediação Comunitária - 40h
37 -MC1 - Mediação de Conflitos 1 - 60h
38 -MC2 - Mediação de Conflitos 2 - 60h
39 -OBE - Ocorrências envolvendo Bombas e Explosivos - 60h
40 -OPPI - Operações de manutenção da paz e policiamento internacional - 60h
41 -PAP1 - Papiloscopia 1 - 60h
42 -PAP2 - Papiloscopia 2 - 60h
43 -PES - Planejamento Estratégico - 60h
44 -PCO - Polícia Comunitária - 60h
45 -PCE - Policiamento Comunitário Escolar - 60h
46 -POP - Policiamento Orientado para o Problema - 60h
47 -PTI - Português Instrumental - 60h
48 -PPCAAM - Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte - 60h
49 -PDE - Psicologia das Emergências - 60h
50 -RDT - Redação Técnica - 60h
51 -RLC - Relatório de Local de Crime - 40h
52 -RCA - Resolução de Conflitos Agrários - 60h
53 -SODVA - Saúde ou Doença: de qual lado você está? - VA - 40h
54 -SPSH - Segurança Pública sem Homofobia - 60h
55 -SCI - Sistema de Comando de Incidentes - 60h
56 -SGSP - Sistemas e Gestão em Segurança Pública - 60h
57 -TNL - Técnicas e Tecnologias Não Letais de Atuação Policial - 60h
58 -TEP - Tópicos em Psicologia Relacionados à Segurança Pública e Defesa Civil - 60h
59 -TSHVA - Tráfico de Seres Humanos - VA - 60h
60 -UIG - Uso da Informação na Gestão de Segurança Pública - 60h
61 -UDF - Uso Diferenciado da Força - 60h

VCPVN - Violência, Criminalidade e Prevenção - VN - 40hhttp://ead.senasp.gov.br/ficha_inscricao/ficha_cursos_descricao.asp

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Márcio Ribeiro - O Sargento Chip’s


Entrevista do Blog GCM Motociclista - por Dennis Guerra


                                                       LASPD: Sargento Chip´s Márcio Ribeiro
GCM 1° Classe Marcio Ribeiro, ao centro

O GCM 1° Classe Marcio Ribeiro, Sargento Honorário da Patrulha Rodoviária da Califórnia  - Chip’s (EUA) e instrutor de Primeiros Socorros da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, estagiou na Polícia da Califórnia por iniciativa própria e representou o Brasil em um congresso na cidade de Reno - Nevada (EUA). No evento, que se realiza bienalmente, é apresentado um perfil dos programas de proteção escolar em cada país participante. Pelo entusiasmo e história de vida, o GCM Ribeiro tornou-se uma referência nas guardas municipais de todo o país.  Vamos descobrir um pouco mais sobre essa valorosa história através dessa entrevista exclusiva ao Blog GCM Motociclista Guerra, direto dos Estados Unidos.
DG – Sargento Marcio Ribeiro, quem é o homem além do mito?
SMR - Inicialmente não sou um mito nem uma lenda: sou a simplicidade, a garra e determinação. Sou casado a 19 anos, tenho dois filhos uma de quatorze e um filho de dezessete, trabalho em São Paulo e moro no Interior. Depois da morte de meu irmão mais velho, que era policial militar paraplégico o ano passado, sua casa nos trazia muitas lembranças. (...)


DG – Sargento, muitas pessoas acreditam que a sua relação com as Forças de Segurança dos Estados Unidos começou com o seu ingresso na Guarda Civil Metropolitana. Conte-nos a respeito.
SMR - Minha relação com os EEUU começou bem antes de ser GCM: entorno de 27 anos! Só com a patrulha dos Caminhos da Califórnia são 17 desde o meu estágio de 1995. Bem, na verdade começou em 1985 quando era office-boy e entregava documentos no consulado que ficava na Rua Padre João Manoel, uma das travessas da Avenida Paulista. Em uma das visitas tive a curiosidade de conhecer a Biblioteca que ficava dentro do consulado e era de livre acesso. Lá conheci um dos Marines. Ele falava espanhol e como é uma língua parecida com a nossa, trocamos endereços e telefones e está ai uma amizade que dura até hoje! Ele entrou para a polícia e hoje é um Deputy Chief,  espécie de Major da Policia.
DG – Quando o senhor desembarcou nos Estados Unidos pela primeira vez, como foi a recepção?
SMR - O Estado da Califórnia, por ter um grande número de visitantes, é um lugar fechado para alguns assuntos, principalmente quando se refere à segurança. Imaginem em 1995, quando estive pela primeira vez para um estágio nas policias: duas municipais e uma estadual. Todas mandaram uma viatura, porque achavam que Eu estava com uma delegação de policiais do Brasil, buscando aprimoramento para o seu governo. Foi uma briga para decidir quem levava a mala! Mas no fim deu tudo certo.

DG – Existe uma questão que gera dúvidas em muitas pessoas que acompanham a sua trajetória. Na verdade, o senhor não foi aos Estados Unidos para se tornar um policial efetivo, e sim fazer um estágio. Como se dá esse estágio e quem pode participar? 

SMR - Em meus diversos contatos por carta (naquela época não existia e-mail, uma carta levava até 15 dias para chegar a seu destino, hoje falo com eles por scape em tempo real) em uma época anterior ao atentado do WTC – World Trade Center, em Nova York, eles tinham uma politica para treinamentos. Hoje é totalmente diferente: só atendem se houver uma indicação. No caso do Brasil este assunto é gerenciado pelo Ministério da Justiça, pela Secretaria Nacional de Segurança Pública. O governo dos Estados Unidos oferece todos os anos números de cursos e vagas e o MJ direciona aos Estados e Municípios.

DG – Durante esse estágio, o senhor chegou a trabalhar nas ruas com os policiais americanos, fazendo até mesmo a prisão de um assaltante de banco. Como foi isso?

SMR - No estágio de 95, tive a oportunidade de realizar várias abordagens e auxílios ao público, porque na América eles tem como missão principal servir e proteger. O destaque, acredito, a que o senhor se refere foi um assalto a banco no qual realizei a restrição do marginal com uma calibre 12 da viatura ou Shotgun, como eles chamam por lá.

DG – Quando o senhor visitou a casa de um policial americano, ele lhe mostrou as armas de sua coleção e perguntou sobre que tipos de armas eram utilizadas no Brasil. Fale a respeito.

SMR - O americano é fascinado por armas! Você pode comprar até com algumas facilidades Magnun, Colt, HK entre outras. Mas as leis são rígidas e lá em alguns Estados existe a Lei Capital (cadeira elétrica, injeção letal entre outros).

DG – O senhor chegou a ser entrevistado pelo Jo Soares a alguns anos. Como foi receber esse convite?

SMR - Como hábito,  tenho o costume de escrever cartas e enviei à produção do Jó Soares. A minha carta foi selecionada e para que não assistiu esta entrevista segue o link abaixo. Fazem alguns anos, mas muitas coisas não mudaram, infelizmente!

DG – Desde a sua primeira viagem aos Estados Unidos o senhor recebe convites para retornar, mantendo assim um intercâmbio técnico e cultural. Como é essa relação com outras polícias?
SMR – Bem, a relação hoje é muito maior do que em 1995/2000. Um exemplo foi ser indicado para representar o País na Conferência das Polícias de Escola e Universidades dos EEUU e Canadá, na Cidade de Reno, no Estado de Nevada. Haviam representantes dos 50 Estados dos Estados Unidos e das Províncias do Canadá: Alberta, Colúmbia Britânica, Manitoba, Nova Brunswick, Terra Nova e Labrador, Nova Escócia, Ontário, Ilha do Príncipe Eduardo, Quebec, e Saskatchewan e também territórios do Noroeste: Nunavut, e Yukon. Hoje sou uma referência para eles, que querem conhecer a nossa cultura. Eles esperam estar aqui em 2014/2016, e devem me pedir referências das polícias dos Estados e Municípios para futuros contatos.

DG – O senhor afirmou que, a cada dois anos, poderia indicar até 200 profissionais de segurança pública para estagiar nos Estados Unidos por meio desse intercâmbio. Quantos profissionais conseguiu indicar até hoje com apoio do governo brasileiro?

SMR - Adoraria indicar muitos excelentes profissionais, mas como sou um zero à esquerda aqui, não tenho todo este poder. Infelizmente não pude indicar ninguém. Alguns ainda me discriminam ou me tratam como uma pessoa que precisa de tratamento psiquiátrico. Na minha opinião, muitos não sabem ou não procuram saber e tem indiferença para com aqueles que buscam trazer conhecimento a todos!
DG – Neste momento, o senhor está na cidade de Reno, hospedado em um hotel-cassino com 1100 quartos e forte esquema de segurança de agências americanas e canadenses. Como é sair do Parque Elisa Maria - São Paulo - e encontrar essa realidade?
SMR - Eu e minha filha de quatorze anos ficávamos nos beliscando para ver se estávamos sonhando ou dormindo e se daqui a pouco esse sonho acabaria. Mas era realidade! Éramos rastreados, até na hora de ir ao saguão do hotel retirar ou entregar as chaves. A recepcionista me chamava pelo primeiro nome: como é que ela sabia, sendo que uma hora estava com uma roupa ou uniforme e cada hora era um recepcionista diferente? Estávamos com todas as agências de segurança do DEA aos Federais, ATF, US-Marshall as State Troopers, New Orleans PD entre outras diversas. Em um quarto de carpete, onde a cama de solteiro é cama de casal no Brasil!
DG – Nessa viagem, o senhor foi acompanhado por sua filha. Como tem sido o apoio de sua família durante esses anos?
SMR - Sem eles não sei se estaria na polícia hoje. Eles são a minha inspiração para nunca desistir. A opção de levar a filha foi porque meu filho mais velho teve de realizar uma cirurgia, ficando com a minha esposa e a conferência exige a presença de um familiar como acompanhante, aí foi bom para minha filha que já fala spanish com fluência.

DG – Diversas prefeituras do Brasil encaminharam, a seu convite, apresentação de programas do município com foco na segurança do cidadão e para a troca de experiências. O resultado está sendo positivo?
SMR - Antes de minha, enviei uma carta para os 26 Estados e para as respectivas Prefeituras das Capitais solicitando os seus projetos e programas para ser apresentado na conferência nos EEUU. Somente algumas me responderam,  como Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, Salvador e Campo Grande. Infelizmente o restante do país não deu nem resposta.
DG –O que o senhor espera após a sua volta ao Brasil?
SMR - Só espero de não ser punido, porque as coisas aqui infelizmente são ao contrário. Já sou desprezado mesmo: trabalho no Elisa Maria como única opção levar um tiro como a Patrícia levou trabalhando. O mais importante é que sou honrado no exterior,  na maior potência do planeta.


DG – Sonhos: quais já realizou e quais faltam?
SMR – Sonhos, como sempre falo a meus amigos, é só correr atrás. A formação de meus filhos na Universidade falta ainda ver.
DG – Para finalizar, o que o senhor diria a todos que lhe acompanham nesse momento?
SMR - Dentro de cada um existe algo chamado Força de  Vontade. Ela o levará onde você quiser chegar. Todos nós a temos, só espere o momento certo. Nunca desista, não pare no meio do caminho: você é um vitorioso, um guerreiro, um Brasileiro, um GCM, um exemplo... beleza?!



NOTA DO AUTOR DO BLOG:
Quando recebi o convite do meu colega Marcio Ribeiro para colaborar em uma pequeníssima parte de seu trabalho na referida conferência, me veio a ideia de entrevistá-lo. Algo sobre as entrevistas que eu ainda não havia comentado com você, visitante do blog, é que ser o primeiro a ter acesso às respostas das entrevistas é, de certo modo, incrível (apesar de parecer óbvio)! As perguntas foram encaminhadas por e-mail enquanto ele ainda encontrava-se nos Estados Unidos, ou seja, esta é a primeira matéria internacional do blog! Fico feliz por ter entrevistado o GCM Ribeiro: Obrigado por esta chance, Sargento!

Fotos/crédito: Marcio Ribeiro e Liliane Ferreira

Apoio: GrafiKart - Soluções em Comunicação Visual
http://www.grafikart.com.br/