Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Capacitação Básica em Defesa Civil


Estão abertas as pré-inscrições para o curso Capacitação Básica em Defesa Civil. São 2 mil vagas para o curso EaD, Ensino a Distância, com previsão de início para novembro de 2011.
A Capacitação Básica é destinada para agentes de defesa civil, e seu conteúdo ressalta aspectos relevantes para promover a difusão da cultura de redução de risco de desastre.
As pré-inscrições serão confirmadas através do e-mail cadastrado. O curso completo tem carga horária total é de 30 horas/aula, a serem cumpridas em 45 (quarenta e cinco) dias corridos, é gratuito, e fornece certificado pela Universidade Federal de Santa Catarina. 
O curso dispõe de um Ambiente Virtual de Aprendizagem, AVA, no qual o aluno tem acesso a todo o conteúdo, organizado em:
- 2 teleconferências;
- 2 vídeoaula;
- 1 livro-texto digital, em formato PDF;
- Serviço de Tutoria e atendimento telefônico gratuito 0800 para comunicação entre tutores e alunos.
O curso é promovido pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional, em parceria do CEPED UFSC.
Em breve, informações mais detalhadas do curso. Acompanhe nosso twitter @cepedufsc e saiba das novidades. 
 
Local:
AVA, Ambiente Virtual de Aprendizagem
Mais informações: Inscrições em:http://150.162.114.7/BasicoDCivil/

CEPED|UFSC
Rua Dom Joaquim, 757
Centro - Florianópolis - SC
88015-310
Caixa Postal 5059

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Segurança é debatida abertamente em blogs



 /
LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Segurança é debatida abertamente em blogs

Blogosfera policial tem cerca de 200 sites com o objetivo de democratizar discussões sobre a política pública de combate à violência
27/09/2011 | 00:01 | ALINE PERES

Debates sobre a segurança pública têm ganhado cada vez mais espaço na internet. O fenômeno conhecido como blogosfera policial dá voz e vez à opinião pública em discussões que vão desde a mobilização de policiais até políticas públicas de combate à violência. Estima-se que o país tenha hoje cerca de 200 blogs assinados por protagonistas ligados à área.

Os blogueiros são unânimes ao dizer que a iniciativa vai além da notícia. Para a pesquisadora do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC), da Uni­ver­sidade Cândido Mendes, do Rio de Janeiro, Silvia Ramos, a blogosfera policial surgiu como um campo de libertação da palavra. “Até então eram os pesquisadores e os governantes que falavam sobre a polícia. Os policiais nunca tomavam a palavra.” Dessa forma, os blogs pretendem ser democráticos, espaços por permitirem a liberdade de expressão.
Do jornal para a web
Delegado paranaense mantém canal de discussão
No Paraná, um exemplo de blog voltado para a discussão da segurança pública é o mantido pelo delegado da Polícia Civil, Rafael Vianna. A vontade de ter um espaço para falar e discutir segurança surgiu em 2009, em uma coluna semanal publicada por um jornal de Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Na se­­quência, o conteúdo produzido foi para a internet. “A ideia era falar sobre segurança de forma prática.”
Criar um espaço que permite o acesso de mais pessoas foi rápido. “Sentei em frente do computador, consultei o provedor e descobri como fazer um blog. No início, postei os 60 artigos publicados anteriormente no meio impresso.” A supervisão do conteúdo era feita nos domingos, lembra Vianna.
Pilares
Atualmente, o mestre em Ciências Jurídico-Criminais é um dos coordenadores do planejamento estratégico da Secretaria da Segurança Pública do Paraná. Porém, antes de ser delegado, Vianna se considera pesquisador e pretende, com o blog, discutir o que ele considera as três grandes áreas de reflexão sobre a segurança pública: fatores que contribuem para a criminalidade; atuação da polícia a partir do mapeamento do crime; e a questão judiciária que vem após o crime acontecer. “Da forma como está hoje, estamos enxugando gelo. Com o blog, espero criar um espaço para um discurso, que fuja das lamentações”. (AP)
Pesquisa revela perfil do blogueiro policial
A convite da Unesco, o Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC), da Universidade Cândido Mendes, do Rio de Janeiro, realizou o primeiro levantamento sobre blogs policiais, em 2009. Segundo uma das pesquisadoras, a cientista social Silvia Ramos, o perfil identificado naquele período pouco difere de hoje.
A pesquisa foi feita com 73 blogueiros, responsáveis por 70 blogs policiais. O universo da blogosfera policial, como é chamado por seus integrantes, estava presente em 17 estados, sendo a Região Su­­des­­te a dominante. A maioria dos blogueiros é oriunda da Polícia Militar (58%), seguida por integrantes da Guarda Municipal (15,1%) e da Polícia Civil (13,7%).
Autores
Em relação aos postos que ocupam, os responsáveis vêm de es­­tratos mais baixos das instituições policiais. Oficiais e delegados re­­presentam, juntos, 42%. Quan­­to ao nível de escolaridade, 62% dos entrevistados têm curso superior completo ou pós-graduação completa ou em andamento. Apenas 12,7% cursaram somente o ensino médio. A maior parte dos autores é do sexo masculino, com mais de 30 anos.
Para os blogueiros, o que mais os motivou a criar os blogs foi querer ex­­pressar seus próprios pontos de vista sobre segurança e Justiça (55%). “Eles [os blogueiros] têm o pa­­pel de conexão com o mundo dos direitos humanos”, afirma Silvia. (AP)

Para o tenente da Polícia Militar da Bahia Danillo Ferreira, um dos criadores do blog Aborda­­gem Policial (abordagempolicial.com), os blogs policiais são considerados um avanço, que permitem a abordagem de discussões que eram monopolizadas por grandes veículos de comunicação. O blog surgiu em 2007 com o objetivo de divulgar o que Ferreira e seus colegas faziam e ouviam nos corredores da Academia da Polícia Militar.

Segundo uma pesquisa desenvolvida por Ferreira, a blogosfera policial conta com iniciativas em 14 estados, sendo a maior concentração no eixo Rio-São Paulo. Acredita-se que o primeiro blog com a pretensão de discutir a segurança pública surgiu em 2006, com o Diário de um PM, do policial Alexandre Souza.

Qualidade

Ferreira defende que a qualidade das discussões sofreu mudanças com o tempo. “O blog, como meio de comunicação de nicho, se dedica ao aprofundamento dos temas nem sempre discutidos pelos meios de comunicação de massa.” O importante não é apenas informar, mas analisar a complexidade do tema. A influência que a ferramenta tem também é um ponto positivo.

O público que lê e participa é heterogêneo – são policiais, guardas municipais, promotores, juízes, advogados, profissionais da imprensa e curiosos. Muitas vezes essa diversidade cria confrontos de ideias.

Outro exemplo é o blog Os Municipais.com, em que o assessor técnico da Guarda Municipal de São Paulo Wagner Pereira compartilha seu cotidiano operacional. O blog está entre os 30 canais mais votados, semanalmente, no Top Blog. Diaria­men­te, Pereira mantém a mesma rotina. Em quatro horas, ele seleciona as notícias e as distribui para 200 endereços eletrônicos. Os 204 seguidores do blog também recebem respostas semanalmente. O resultado é a popularidade do veículo. “Que­­ro que as pessoas leiam, participem e discutam segurança pública”, declara.

* * * * *

Interatividade:

Como você vê a iniciativa de debater a segurança pública pela internet?

As cartas selecionadas serão publicadas na Coluna do Leitor.

Dia do Agente de Trânsito




Quem disse que gentileza, não gera gentileza? Este cara ai, é um exemplo em seu Municipio e pode ser um exemplo tambem em todo País. Ah se todo Guarda- Municipal fosse assim, Muita gente iria querer trabalhar perto dele, só pra pegar onibus mais rapido. Essa cara é humorista e também profissional. Olhem o exemplo e sigam para o dia-a-dia, educação vem de berço, mais pode se construir se cada um fizer a sua parte.

sábado, 24 de setembro de 2011

Guarda Municipal de Varginha assume a proteção aeroportuária


Guarda Municipal de Varginha assume a proteção aeroportuária e operação da SESCINC
(seção contraincendio) no aeroporto municipal

"Um aeroporto operando vôos regulares de passageiros e aviação de carga gera inúmeros benefícios para uma cidade, já que garante investimentos e a ocupação econômica e social de uma região.Varginha está apostando e investindo, faz parte das prioridades da administração, destacou o Prefeito Municipal Eduardo "Corujinha”...
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) elevou o Aeroporto Municipal de Varginha para uma nova classificação, único na região a operar com voos 24 horas, com linhas para os principais centros do país, sendo a média de 6,5 mil passageiros ao mês .
O município de Varginha investiu em projetos e obras de modernização e ampliação do aeroporto, o que resultou na operação de voos comerciais diários para São Paulo e Belo Horizonte. O fluxo de passageiros contribui para investimentos nos setores como hoteleiro, industrial e empresarial do sul de Minas. Para que o setor aéreo continue em expansão, um novo terminal de passageiros será inaugurado em breve. 
Com o funcionamento 24 horas do aeroporto será necessário aumentar o número de agentes, e a partir de hoje 01/09/2011, conforme convênio firmado entre a Guarda Municipal e a Secretaria de Turismo do Município, agentes da Guarda estão trabalhando 24 hs no aeroporto, as negociações tiveram incio em maio e contou com apoio do administrador do Aeroporto Rogerio Evaristo e Prefeito Municipal Eduardo “Corujinha”.
O prédio onde se faz embarque de passageiros será ocupado pelos agentes conforme convênio celebrado, viatura contraincêndio, treinamento e equipamentos serão repassadas para Guarda Municipal.
"Vamos incentivar a formação, habilitação e aperfeiçoamento dos Guardas Municipais, até porque eles estão inseridos no segmento de Segurança Pública. Tenho certeza que estaremos colaborando com o municipio e quem ganha muito com isso é a população Varginhense, vamos ajudar a segurança na região do aeroporto, visando sempre garantir o bem-estar do público presente e usuarios", Mauricio Maciel Cmt Gm Varginha.